Suas plantas também precisam de um banho, sabia?

Chegando em casa após as férias, percebi que meu jardim estava precisando de manutenção, e a lavagem das folhas era algo essencial. Aprenda comigo!

Entrando em casa depois das férias, querendo ter aquela sensação de lar doce lar, vejo tudo um pouco fora do lugar. E o que é pior: minhas plantas empoeiradas com uma cara opaca e um jeitão tristonho. Mãos a obra! Vou me dedicar urgentemente às minhas plantinhas que estão loucas por um afago. Assim como limpamos nossa casa, precisamos também remover a poeira das folhas regularmente. Elas ficarão mais brilhantes e realizarão com mais facilidade seu processo de fotossíntese, evitando o surgimento de pragas.

A poeira deve ser retirada dos dois lados da folha para não reduzir a absorção da luz. As folhas maiores e brilhantes devem ser lavadas com água fria e, se estiverem oleosas, com uma gota de detergente ou sabão neutro. Para auxiliar nessa lavagem, você pode usar uma esponja macia ou um pano. Cactus, suculentas e plantas com folhas aveludadas como a violeta devem ser escovadas com cuidado com um pincel macio. Escovas de dente usadas fazem muito bem esse trabalho também.

Samambaias, murtas, nandinas e outras plantas de folhas pequenas devem ser bastante pulverizadas, para que o jato elimine o pó. Para economizar tempo e fazer uma farra, um outro jeito de limpar suas plantas é levá-las para o chuveiro para tomar um banho com você. As crianças adoram essa tarefa!

Depois de tudo limpo quer dar um brilho extra? Passe a parte de dentro da casca da banana nas folhas. Seus óleos naturais dão um lindo brilho. A borra de café também é muito boa para limpar as folhas, além de ser um ótimo fertilizante. Nunca passe ceras para dar brilho nas suas plantas, pois elas obstruem seus poros, impossibilitando-as de liberar umidade e fazer trocas gasosas.

Fonte: Casa Claudia